Study in Portugal Network traz universitários norte-americanos para visita de estudo em Portugal

Michael Baum é o diretor do programa Study in Portugal Network

Michael Baum é o diretor do programa Study in Portugal Network

O programa Study in Portugal Network (SiPN) da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) organiza já a partir de terça-feira, dia 5 de janeiro uma visita de estudo de 46 alunos e professores dos Estados Unidos a Portugal, que irá durar até dia 20 deste mês, com o objetivo de dar a conhecer várias dimensões do País.

Os alunos e professores norte-americanos que estarão presentes nesta visita de estudo, de Norte a Sul de Portugal, são provenientes da Universidade Johns Hopkins, da Rhode Island School of Design (RISD) e da Universidade de Rhode Island (URI). Os alunos de Johns Hopkins são de um curso de Mestrado em Gestão de Ciência e vão depois trabalhar com 3 empresas ‘startups’ na zona da Grande Lisboa. Os alunos da RISD são de uma das melhores escolas do mundo na área de Design e Arquitetura, enquanto os alunos da URI são de várias licenciaturas diferentes e querem aprofundar os seus conhecimentos sobre o Portugal contemporâneo.

A apresentação da visita de estudo ‘January Term 2016’ terá início às 10h00 de amanhã, dia 5 de janeiro, no Auditório da FLAD, com introdução e palestra sobre Portugal do administrador executivo e director do SiPN, Prof. Michael Baum, contando com a presença e a participação de diversas individualidades, como Allan Katz, antigo embaixador dos Estados Unidos em Portugal; Mário Ferreira, presidente do Douro Azul e membro do Conselho de Curadores da FLAD; e o embaixador português Nuno Brito, representante permanente de Portugal na União Europeia.

Além dos três grupos provenientes do programa SiPN, vão estar presentes mais dois grupos de alunos: um da Universidade de Missouri-Kansas City (UMKC) que vem com o embaixador Katz e outro que vai incluir alguns dos alunos universitários refugiados da Síria, presentemente a estudar no nosso país, alguns dos quais através de um apoio da FLAD. Mais tarde, neste “dia de boas vindas”, os alunos norte-americanos vão ser recebidos em privado pelo embaixador dos EUA em Portugal, Robert Sherman.

Entre outras iniciativas abertas à comunicação social, os estudantes e professores dos Estados Unidos serão recebidos quinta-feira dia 7 de janeiro, no Palacete Henrique Mendonça da Universidade Nova de Lisboa, onde assistirão a um debate sobre “Governar com a Troika”, protagonizado em inglês pelos professores Francisco Louçã (ISEG-UL), Daniel Traça UNL), Francisco Veloso (UCP) e André Freire (ISCTE-UL).  A intenção desta iniciativa é oferecer um conhecimento mais aprofundado e equilibrado sobre um assunto ainda polémico na Europa e em Portugal, com as perspetivas de quatro professores que representam quatro universidades que fazem parte do consórcio do Study in Portugal Network.

A visita de estudo terá diversos outros motivos de divulgação, como por exemplo uma viagem ao Porto, entre os dias 9 e 10 de janeiro, onde os nossos convidados terão, entre muitas outras atividades, direito a uma visita guiada à cidade pelo autor Richard Zimler, incluindo a Casa do Infante, onde irão ouvir falar o professor e deputado, Alexandre Quintanilha sobre “O Estado da Ciência em Portugal”. Já em Braga, vão conhecer o estádio de futebol desenhado pelo arquiteto Souto Moura, visitando o Laboratório Internacional de Nanotecnologia (INL) e a Universidade do Minho.