Notícias de Ciência nos Estados Unidos

Notícias sobre o estado da ciência nos Estados Unidos

Notícias sobre o estado da ciência nos Estados Unidos

Um professor de psicologia em Harvard inventou um novo método para ajudar as pessoas a esquecer os seus traumas e más memórias. O método, que foi testado com sucesso em ratos, consiste no uso do gás xenon. Leia esta e outras notícias de Ciência dos Estados Unidos na newsletter semana da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento.

 

EUA SERÃO AFECTADOS PELA PIOR SECA DOS ÚLTIMOS MIL ANOS

Um novo estudo da autoria de dois cientistas norte-americanos concluiu que estará para breve a próxima grande seca no Sudoeste dos EUA, adiantando que vai ser a pior dos últimos mil anos e mais grave do que secas que no passado foram responsáveis pelo fim de civilizações. Ao contrário das grandes secas que afectaram o Sudoeste dos EUA no passado, causadas por fenómenos naturais, as grandes secas do futuro serão motivadas pelo aumento de temperaturas resultantes dos elevados níveis de gases de efeito de estufa.

PARA LER MAIS: “Worst Drought In 1,000 Years Forecasted For The U.S.” (Popular Science).

 

FORAM MAPEADOS OS LUGARES MAIS CALMOS E OS MAIS BARULHENTOS DOS EUA

Cientistas norte-americanos realizaram mais de um milhão e meio de horas de monitorização acústica em 546 locais diferentes para construir um mapa que mostra os níveis médios de som no território dos EUA num dia típico de Verão. O estudo concluiu que as regiões mais calmas são as do oeste dos EUA.

PARA LER MAIS: “Scientists Find the Quietest and Noisiest Places in the U.S.” (Discover Magazine).

 

BIOMASSA PODE CONTRIBUIR PARA ATINGIR OBJECTIVOS DE REDUÇÃO DE CARBONO NO OESTE DOS EUA

A sequestração e captura de carbono, juntamente com o uso de biomassa, poderá ajudar localidades no oeste dos EUA a atingir os seus objectivos de redução de carbono até 2050. Investigadores da Universidade da Califórnia, em Berkeley, descobriram que a utilização conjunta de tecnologias de sequestração e técnicas de captura de carbono poderá reduzir as emissões de carbono em 80% e permitir o armazenamento de mais carbono do que o que é produzido.

PARA LER MAIS: “Biomass Electricity Could Help Western US Reach Carbon Reduction Goals” (Tech Times).

 

MICRÓBIOS EM ESGOTOS URBANOS SÃO INDICADORES DE POLUIÇÃO E DE SAÚDE HUMANA

Uma equipa de microbiologistas norte-americanos realizou um estudo sobre os esgotos de vários centros urbanos nos EUA e concluiu que os sistemas de esgotos de cada cidade têm um carácter microbial distinto que pode revelar os níveis de saúde locais, tal como a obesidade dos seus residentes. O estudo teve ainda como objectivo descobrir um melhor indicador da poluição fecal humana.

PARA LER MAIS: “Pollution, human health tracked with sewage microbes” (Science Magazine).

 

APPLE ENTRA NO MERCADO DA SAÚDE

A norte-americana Apple lançou o seu novo software ResearchKit. Este disponibilizará aos técnicos de saúde uma nova forma de recolher informação através de sensores nos iPhones dos pacientes. O software está de momento apenas disponível nos EUA.

PARA LER MAIS: “Apple enters health science market with ResearchKit” (it news).

 

EUA APROVAM PRIMEIRO MEDICAMENTO BIO-SIMILAR PARA O COMBATE AO CANCRO

Foi aprovado nos EUA o primeiro produto bio-similar. Com o nome de Zarxio, o medicamento tem agora permissão para ser usado em tratamentos de quimioterapia com o fim de ajudar os corpos dos pacientes a produzir glóbulos brancos. O Zarxio é a versão genérica do medicamento biológico Neupogen.

PARA LER MAIS: “FDA Approves First Biosimilar Cancer Drug” (Popular Science).

 

EUA DEVEM ESPERAR MAIS SURTOS DE SARAMPO

Cientistas afirmam que, devido à recusa de algumas pessoas em serem vacinadas, é provável a ocorrência de mais surtos de sarampo nos EUA. De acordo com o Center for Disease Control, 170 pessoas foram já infetadas este ano em 17 estados, sendo que a maioria dos casos estão relacionados com o surto de sarampo que começou na Disneyland, em Dezembro de 2014.

PARA LER MAIS: “More Measles Outbreaks ‘Will Undoubtedly Occur,’ Experts Warn” (Live Science).

 

NOVO MATERIAL PODE-SE TRANSFORMAR EM QUALQUER FORMA 3D

Cientistas da força aérea norte-americana desenvolveram um novo material que pode ser programado para se transformar em qualquer forma 3D. Na apresentação do estudo, os criadores do material programaram-no para se transformar num mini quarteto de montanhas. À medida que se ia formando, o material conseguiu levantar um pedaço de vidro 175 vezes mais pesado.

PARA LER MAIS: “Crazy Shape-Shifting Crystals Can Transform Into Any 3D Shape” (Popular Mechanics).

 

O QUE NOS RESERVA O CONCURSO ANUAL DE ROBÓTICA DO PENTÁGONO?

Foram seleccionadas 25 empresas de robótica para exibirem os seus projectos durante a competição anual organizada pela unidade de investigação de alta-tecnologia do Pentágono. Os robôs humanoides das empresas terão de superar um percurso de obstáculos que se assemelha a uma área de desastre. O vencedor será galardoado com um prémio de 3,5 milhões de dólares.

PARA LER MAIS: “What’s in store for DARPA’s annual robotics contest?” (The Christian Science Monitor).

 

GOVERNO NORTE-AMERICANO ESTÁ A DESENVOLVER SISTEMA PARA PREVER CRIMES FUTUROS

O governo dos EUA está a desenvolver um sistema de software e/ou de activos humanos com capacidade para processar informação em tempo real com o fim de prever o futuro de forma fidedigna. O programa visa combater ataques informáticos antes de estes serem realizados e assim aplicar contramedidas atempadamente.

PARA LER MAIS: “US government is developing a pre-crime prediction system for cyber-attacks” (Geek).

 

UMA FORMA DE APAGAR MÁS MEMÓRIAS?

Um professor de psicologia em Harvard inventou um novo método para ajudar as pessoas a esquecer os seus traumas e más memórias. O método, que foi testado com sucesso em ratos, consiste no uso do gás xenon para remover a carga emocional de uma memória traumática. Contudo, não garante, pelo menos para já, a perda dessas memórias.

PARA LER MAIS: “Science Might Have Found a Way to Erase Your Bad Memories with Gas” (Vice).

 

TORNADOS ACTUAM CADA VEZ MAIS EM GRUPO NOS EUA

Um novo estudo nos EUA concluiu que apesar de o número de tornados não ter estado a aumentar ao longo das últimas décadas, tem existido uma tendência para um maior agrupamento desses fenómenos. Se por um lado haverá menos dias com tornados, por outro os dias em que tal acontece poderão ser marcados por ainda mais tornados.

PARA LER MAIS: “Tornadoes Are Now Ganging Up in the United States” (Smithsonian).

 

CALIFÓRNIA COM LUZ VERDE PARA CONSTRUIR PARTE DA AUTOESTRADA DE HIDROGÉNIO

O estado da Califórnia anunciou um investimento de 20 milhões de dólares para construir cerca de metade das 100 estações necessárias para permitir que carros a hidrogénio viajem livremente pelo estado. Esta medida faz parte de um plano para se construir uma autoestrada de hidrogénio que, no futuro, poderá levar carros não poluentes a atravessar os EUA desde o México ao Canadá.

PARA LER MAIS: “California to Spend $20 Million on Building Part of Hydrogen Highway” (Los Angeles Times).

 

UMA IMAGEM REAL DO VÍRUS DA SIDA

Um estudo em macacos, que consistiu no uso de uma nova técnica de imagem, revela, pela primeira vez, um mapa em tempo real do vírus SIDA a replicar-se no corpo de um animal. Os resultados ilustram alguns esconderijos inesperados do Vírus da Imunodeficiência Símia (VIS) e mostram ainda que aquando da administração de antirretrovirais aos macacos, a quantidade do vírus que persiste difere na sua localização no corpo. Esta ferramenta inovadora promete tornar mais claros os detalhes do processo inicial da infecção e pode ajudar na investigação de medicamentos, vacinas e curas para o vírus.

PARA LER MAIS: “A live look at the AIDS virus” (Science Magazine).

 

A NASA TEM UM NOVO GIGANTE NAS SUAS FILEIRAS

A NASA está a contruir um novo foguete espacial com capacidade para transportar seres humanos para lá da órbita do planeta Terra, podendo-se aventurar mais além no espaço do que qualquer outro até agora construído. O novo veículo espacial será mais alto do que a Estátua da Liberdade e capaz de transportar para órbita um peso equivalente ao de 12 elefantes adultos.

PARA LER MAIS: “Inside Nasa’s giant rocket factory” (BBC).

 

SONDA DAWN CHEGA A CERES

A sonda Dawn, da NASA, chegou ao gigante asteróide conhecido como Ceres, tornando-se no primeiro veículo espacial a atingir a órbita de um planeta anão. Ao longo dos próximos meses a sonda irá tirar fotos de Ceres e analisar a atmosfera, a topografia e a natureza dos misteriosos pontos brilhantes na sua superfície.

PARA LER MAIS: “Dawn Arrives: NASA Spacecraft Orbits Ceres” (Nature World News).

 

PERFORMANCE NA PASSADEIRA PODE PREVER A MORTE

Ao analisar os dados de 58 mil testes de esforço ao coração, cardiologistas do Johns Hopkins desenvolveram uma fórmula que calcula o risco de uma pessoa morrer, dentro de um período de dez anos, com base na sua capacidade de fazer correr numa passadeira a uma velocidade e inclinação elevadas.

PARA LER MAIS: “Treadmill performance predicts mortality” (Johns Hopkins Medicine via Science Daily).

 

NOVA CLASSE DE DROGAS DÁ SAÚDE POR MAIS TEMPO

Uma equipa de cientistas de instituições norte-americanas identificou uma nova classe de drogas que conseguiu abrandar o processo de envelhecimento em modelos animais, aliviando sintomas de fraqueza, aumentando as funções cardíacas e alargando o tempo de vida saudável.

PARA LER MAIS: “Scientists find class of drugs that boosts healthy lifespan” (Medical Press).

 

UM PASSO MAIS PERTO DA FOTOSSÍNTESE ARTIFICIAL E DE COMBUSTÍVEIS SOLARES

Cientistas do California Institute of Technology desenvolveram uma película condutora de electricidade que poderá ajudar a criar aparelhos capazes de armazenar luz solar, com o fim de separar a água e assim formar combustível de hidrogénio. Esta película poderá levar à criação de sistemas fotossintéticos artificiais capazes de replicar o processo natural da fotossíntese que as plantas usam para converter a luz solar, água e dióxido de carbono em oxigénio e combustível na forma de hidratos de carbono ou açúcares.

PARA LER MAIS: “One step closer to artificial photosynthesis and ‘solar fuels’” (Phys.org).