Newsletter da Fundação Luso-Americana sobre o estado da economia nos EUA

Revista de imprensa de economia, num olhar semanal de notícias da imprensa

Revista de imprensa de economia, num olhar semanal de notícias da imprensa nos Estados Unidos. E não só

As notícias de economia nos Estados Unidos são vistas e revistas na newsletter semanal da FLAD. Sabia que os EUA registaram o maior crescimento económico em onze anos no último trimestre de 2014 e o que o PIB norte-americano cresceu 5% entre Julho e Setembro do ano passado?  Leia esta e outras novidades.

 

 

 

TERCEIRO TRIMESTRE REGISTA O MAIOR CRESCIMENTO ECONÓMICO EM ONZE ANOS

Os EUA registaram no terceiro trimestre de 2014 os maiores níveis de crescimento económico desde 2003. O PIB cresceu 5% entre Julho e Setembro, um aumento de 1.1% em relação à anterior estimativa do Departamento de Comércio dos EUA. Este crescimento foi em larga medida derivada dos maiores gastos dos consumidores e das empresas.

PARA LER MAIS: “Economy Grows Most Since ’03 on U.S. Consumer-Spending Gains” (Bloomberg).

 

DOW JONES REGISTA VALOR RECORDE

O índice Dow Jones Industrial Average bateu um novo recorde em Dezembro de 2014. Por detrás desde feito está o maior optimismo por parte dos investidores devido aos bons sinais económicos e à redução do preço do petróleo.

PARA LER MAIS: “Dow Jones storms past 18,000 for first time as U.S. economy grows at fastest pace in 11 years” (Financial Post).

 

ECONOMIA ESTÁVEL GERA MAIOR OPTIMISMO ENTRE PEQUENOS NEGÓCIOS

Uma nova sondagem indica que um número cada vez maior de proprietários e executivos de pequenas empresas estão optimistas em relação às perspectivas de negócio para 2015. Tal é motivado pelo forte volume de vendas registado durante a segunda metade de 2014.

PARA LER MAIS: “Solid Economy Causes Small-Business Optimism to Surge” (The Wall Street Journal).

 

SECTOR FABRIL DOS EUA RECEDEU NO FINAL DO ANO

O sector fabril dos EUA cresceu, em Dezembro, ao ritmo mais baixo nos últimos seis meses, um sinal do impacto da fragilidade da economia mundial nos EUA. No entanto, é improvável que a performance do sector afecte substancialmente uma economia norte-americana cada vez mais forte.

PARA LER MAIS: “U.S. factory sector suffers end-of-year chill” (Reuters).

 

RESERVA FEDERAL ADMITE AUMENTO DAS TAXAS DE JURO EM 2015

A Reserva Federal deu fortes indicações de que estará no caminho para aumentar as taxas de juro em 2015. Esta mudança de posição baseia-se na boa performance económica dos EUA e das expectativas positivas para o novo ano.

PARA LER MAIS: “US economy: Fed confident about growth, opens door wider to rate hike” (Reuters via GMA News).

 

A QUEDA DO PREÇO DO PETRÓLEO E SUAS IMPLICAÇÕES

O preço do petróleo caiu para metade em apenas seis meses, um facto que favorece os consumidores e as empresas. Os economistas, no entanto, têm divergido sobre se tal desenvolvimento será positivo ou negativo. A cadeia televisiva Fox explica a razão para a queda do preço do petróleo e o que saber sobre a situação.

PARA LER MAIS: “Oil has fallen by nearly half, to recession levels, as US economy improves. Why, what to know.” (FOX Business).

 

GASOLINA A MENOS DE DOIS DÓLARES POR GALÃO EM EXPANSÃO NOS EUA

No seguimento da redução do preço do petróleo nos EUA, registado durante o mês de Dezembro, tornou-se possível encontrar gasolina a menos de dois dólares por galão em 12 estados. No final de Novembro de 2014 apenas uma bomba de gasolina no país apresentava preços tão reduzidos.

PARA LER MAIS: “Gas for less than $2 is now widespread” (CNN).

 

DÓLAR ATINGE MAIOR VALORIZAÇÃO EM NOVE ANOS

O dólar dos EUA atingiu no início de Janeiro de 2015 o valor mais alto desde Março de 2006 contra várias moedas, entre as quais o euro, o qual caiu devido à especulação relacionada com a implementação de tácticas de flexibilização monetária. Ao longo de 2014 o dólar valorizou 12% contra várias moedas.

PARA LER MAIS: “Dollar hits 9-year high—but is market ‘complacent’?” (CNBC).

 

EUA LEVANTAM PROIBIÇÃO DA EXPORTAÇÃO DE PETRÓLEO

Os EUA decidiram levantar a proibição à exportação de petróleo introduzida na década de 1970. Desta forma, a administração Obama proporciona que várias empresas comecem a exportar petróleo a partir de Agosto de 2015.

PARA LER MAIS: “US lifts 40-year ban on oil exports” (RT).

 

EMPRESAS E TURISTAS DOS EUA SONDAM OPORTUNIDADES EM CUBA

A decisão do Presidente Obama de retomar as relações diplomáticas com Cuba levou a que empresas norte-americanas começassem a avaliar as oportunidades de negócio disponíveis na ilha e assim se colocarem na linha da frente para o eventual levantamento do bloqueio económico.

PARA LER MAIS: “For U.S. businesses and tourists, opportunities abound in Cuba” (The Washington Post).

 

EUA INTRODUZEM TARIFAS SOBRE PRODUTOS DE ENERGIA SOLAR DA CHINA E TAIWAN

A administração Obama irá introduzir taxas alfandegárias sobre produtores de geradores de energia solar oriundos da China e de Taiwan. O Departamento de Comércio dos EUA finalizou ainda um plano para incluir nas tarifas quaisquer painéis solares montados na China, independentemente da origem das células fotovoltaicas.

PARA LER MAIS: “Duties Set by U.S. on Imports of China, Taiwan Solar Goods” (Bloomberg).

 

AUMENTO DO NÚMERO DE REFORMADOS E DE MINORIAS MUDARÃO MUNDO EMPRESARIAL DOS EUA

Uma população cada vez mais envelhecida e a expansão das minorias hispânicas, asiáticas e mistas terá importantes implicações para a economia norte-americana, desde a maneira como as empresas desenvolvem os seus produtos e serviços, à forma como treinam a mão-de-obra.

PARA LER MAIS: “What the rise of retirees and minorities mean for U.S. business” (Fortune).

 

ECONOMISTAS PREVÊEM RÁPIDO CRESCIMENTO ECONÓMICO NOS EUA EM 2015

De acordo com um grupo de economistas, em 2015 a economia norte-americana deverá registar o maior crescimento económico da última década. O PIB deverá crescer 3.1% durante o 2015, o que representaria o crescimento mais forte desde 2005, ano em que se registou uma expansão de 3.3%.

PARA LER MAIS: “Economists forecast fast growth for U.S. economy in 2015” (ABC).

 

BOAS PERSPECTIVAS PARA O MERCADO LABORAL E SALÁRIOS EM 2015

Economistas afirmam que o mercado laboral continuará na senda de fortalecimento ao longo de 2015, com o crescimento do emprego a aproximar-se, ou mesmo ultrapassando, os níveis mais elevados em 15 anos, registados durante 2014. Os economistas acreditam ainda que o crescimento dos salários irá acelerar durante 2015.

PARA LER MAIS: “Job outlook for 2015: Work aplenty (like it’s 1999)” (USA Today).

 

VENDAS DE AUTOMÓVEIS AUMENTAM NO FINAL DE 2014, MAS 2015 PODERÁ TRAZER UM ABRANDAMENTO

O mês de Dezembro de 2014 registou um forte nível de vendas de automóveis nos EUA, em grande parte motivado pelo baixo preço do petróleo. No entanto, executivos da indústria e analistas avisam que o crescimento irá abrandar em 2015.

PARA LER MAIS: “U.S. auto sales end 2014 strong but slower growth looms” (Reuters).

 

CAVACO SILVA DISTINGUE DOIS EMPRESÁRIOS PORTUGUESES NOS EUA

O Presidente da República Cavaco Silva homenageou dois industriais portugueses sediados nos EUA, recebendo-os no Palácio de Belém para os distinguir com as insígnias de Grande-Oficial da Ordem do Mérito Empresarial. Os industriais são John Melo, CEO de uma empresa da biotecnologia cotada no NASDAQ, e José Ivo, com carreira na maior empresa de construção dos EUA.

PARA LER MAIS: “Cavaco Silva distingue empresários portugueses dos EUA” (Observador).

 

PORTUCEL INVESTE NOS EUA

A Portucel anunciou um investimento de 89 milhões de euros na construção de uma fábrica de pellets na região de Greenwood, no estado norte-americano da Carolina do Sul. As obras deverão arrancar já em 2015 para terminarem no terceiro trimestre de 2016.

PARA LER MAIS: “Portucel investe 89 milhões de euros nos Estados Unidos” (Expresso).

 

APOLLO MANIFESTA INTERESSE NO NOVO BANCO

O grupo norte-americano Apollo oficializou a sua entrada na corrida pela compra do Novo Banco. Este desenvolvimento era esperado desde que se soube, no início de Dezembro de 2014, que iria arrancar o processo de venda da instituição.

PARA LER MAIS: “Apollo formaliza manifestação de interesse no Novo Banco” (Diário Económico).

 

EDP ADQUIRE GÁS NATURAL DOS EUA

A EDP vai passar a comprar gás natural liquefeito aos EUA, tendo fechado um acordo com a Cheniere. De acordo com o comunicado enviado pela eléctrica portuguesa, as duas empresas “assinaram um acordo vinculativo para o aprovisionamento de 1 bcm (um bilião de metros cúbicos)” de gás natural liquefeito (GNL) por ano.

PARA LER MAIS: “EDP vai comprar gás natural aos EUA” (Público).

 

GUINÉ-BISSAU REGRESSA AO PROGRAMA DE LIVRE COMÉRCIO DOS EUA COM ÁFRICA

O Presidente Barack Obama decidiu recolocar a Guiné-Bissau no programa de livre comércio dos EUA com África. A partir de Janeiro, a Guiné-Bissau está de volta ao programa AGOA – African Growth Opportunity Act -, que permite que produtos de alguns países africanos, que cumprem normas de boa governação, tenham acesso livre de tarifas ao mercado dos EUA.

PARA LER MAIS: “Obama repõe Guiné-Bissau no programa de livre comércio dos EUA com África” (Voz da América).

 

DOW JONES REGISTA VALOR RECORDE

O índice Dow Jones Industrial Average bateu um novo recorde em Dezembro de 2014. Por detrás desde feito está o maior optimismo por parte dos investidores devido aos bons sinais económicos e à redução do preço do petróleo.

PARA LER MAIS: “Dow Jones storms past 18,000 for first time as U.S. economy grows at fastest pace in 11 years” (Financial Post).

 

ECONOMIA ESTÁVEL GERA MAIOR OPTIMISMO ENTRE PEQUENOS NEGÓCIOS

Uma nova sondagem indica que um número cada vez maior de proprietários e executivos de pequenas empresas estão optimistas em relação às perspectivas de negócio para 2015. Tal é motivado pelo forte volume de vendas registado durante a segunda metade de 2014.

PARA LER MAIS: “Solid Economy Causes Small-Business Optimism to Surge” (The Wall Street Journal).

 

SECTOR FABRIL DOS EUA CRESCEU MENOS NO FINAL DO ANO

O sector fabril dos EUA cresceu, em Dezembro, ao ritmo mais baixo nos últimos seis meses, um sinal do impacto da fragilidade da economia mundial nos EUA. No entanto, é improvável que a performance do sector afecte substancialmente uma economia norte-americana cada vez mais forte.

PARA LER MAIS: “U.S. factory sector suffers end-of-year chill” (Reuters).

 

RESERVA FEDERAL ADMITE AUMENTO DAS TAXAS DE JURO EM 2015

A Reserva Federal deu fortes indicações de que estará no caminho para aumentar as taxas de juro em 2015. Esta mudança de posição baseia-se na boa performance económica dos EUA e das expectativas positivas para o novo ano.

PARA LER MAIS: “US economy: Fed confident about growth, opens door wider to rate hike” (Reuters via GMA News).

 

A QUEDA DO PREÇO DO PETRÓLEO E AS SUAS IMPLICAÇÕES

O preço do petróleo caiu para metade em apenas seis meses, um facto que favorece os consumidores e as empresas. Os economistas, no entanto, têm divergido sobre se tal desenvolvimento será positivo ou negativo. A cadeia televisiva Fox explica a razão para a queda do preço do petróleo e o que saber sobre a situação.

PARA LER MAIS: “Oil has fallen by nearly half, to recession levels, as US economy improves. Why, what to know.” (FOX Business).

 

GASOLINA A MENOS DE DOIS DÓLARES POR GALÃO EM EXPANSÃO NOS EUA

No seguimento da redução do preço do petróleo nos EUA, registado durante o mês de Dezembro, tornou-se possível encontrar gasolina a menos de dois dólares por galão em 12 estados. No final de Novembro de 2014 apenas uma bomba de gasolina no país apresentava preços tão reduzidos.

PARA LER MAIS: “Gas for less than $2 is now widespread” (CNN).

 

DÓLAR ATINGE MAIOR VALORIZAÇÃO EM NOVE ANOS

O dólar dos EUA atingiu no início de Janeiro de 2015 o valor mais alto desde Março de 2006 contra várias moedas, entre as quais o euro, o qual caiu devido à especulação relacionada com a implementação de tácticas de flexibilização monetária. Ao longo de 2014 o dólar valorizou 12% contra várias moedas.

PARA LER MAIS: “Dollar hits 9-year high—but is market ‘complacent’?” (CNBC).

 

EUA LEVANTAM PROIBIÇÃO DA EXPORTAÇÃO DE PETRÓLEO

Os EUA decidiram levantar a proibição à exportação de petróleo introduzida na década de 1970. Desta forma, a administração Obama proporciona que várias empresas comecem a exportar petróleo a partir de Agosto de 2015.

PARA LER MAIS: “US lifts 40-year ban on oil exports” (RT).

 

EMPRESAS E TURISTAS DOS EUA SONDAM OPORTUNIDADES EM CUBA

A decisão do Presidente Obama de retomar as relações diplomáticas com Cuba levou a que empresas norte-americanas começassem a avaliar as oportunidades de negócio disponíveis na ilha e assim se colocarem na linha da frente para o eventual levantamento do bloqueio económico.

PARA LER MAIS: “For U.S. businesses and tourists, opportunities abound in Cuba” (The Washington Post).

 

EUA INTRODUZEM TARIFAS SOBRE PRODUTOS DE ENERGIA SOLAR DA CHINA E TAIWAN

A administração Obama irá introduzir taxas alfandegárias sobre produtores de geradores de energia solar oriundos da China e de Taiwan. O Departamento de Comércio dos EUA finalizou ainda um plano para incluir nas tarifas quaisquer painéis solares montados na China, independentemente da origem das células fotovoltaicas.

PARA LER MAIS: “Duties Set by U.S. on Imports of China, Taiwan Solar Goods” (Bloomberg).

 

AUMENTO DO NÚMERO DE REFORMADOS E DE MINORIAS MUDARÃO MUNDO EMPRESARIAL DOS EUA

Uma população cada vez mais envelhecida e a expansão das minorias hispânicas, asiáticas e mistas terá importantes implicações para a economia norte-americana, desde a maneira como as empresas desenvolvem os seus produtos e serviços, à forma como treinam a mão-de-obra.

PARA LER MAIS: “What the rise of retirees and minorities mean for U.S. business” (Fortune).

 

ECONOMISTAS PREVÊEM RÁPIDO CRESCIMENTO ECONÓMICO NOS EUA EM 2015

De acordo com um grupo de economistas, em 2015 a economia norte-americana deverá registar o maior crescimento económico da última década. O PIB deverá crescer 3.1% durante o 2015, o que representaria o crescimento mais forte desde 2005, ano em que se registou uma expansão de 3.3%.

PARA LER MAIS: “Economists forecast fast growth for U.S. economy in 2015” (ABC).

 

BOAS PERSPECTIVAS PARA O MERCADO LABORAL E SALÁRIOS EM 2015

Economistas afirmam que o mercado laboral continuará na senda de fortalecimento ao longo de 2015, com o crescimento do emprego a aproximar-se, ou mesmo ultrapassando, os níveis mais elevados em 15 anos, registados durante 2014. Os economistas acreditam ainda que o crescimento dos salários irá acelerar durante 2015.

PARA LER MAIS: “Job outlook for 2015: Work aplenty (like it’s 1999)” (USA Today).

 

VENDAS DE AUTOMÓVEIS AUMENTAM NO FINAL DE 2014, MAS 2015 PODERÁ TRAZER UM ABRANDAMENTO

O mês de Dezembro de 2014 registou um forte nível de vendas de automóveis nos EUA, em grande parte motivado pelo baixo preço do petróleo. No entanto, executivos da indústria e analistas avisam que o crescimento irá abrandar em 2015.

PARA LER MAIS: “U.S. auto sales end 2014 strong but slower growth looms” (Reuters).

 

CAVACO SILVA DISTINGUE DOIS EMPRESÁRIOS PORTUGUESES NOS EUA

O Presidente da República Cavaco Silva homenageou dois industriais portugueses sediados nos EUA, recebendo-os no Palácio de Belém para os distinguir com as insígnias de Grande-Oficial da Ordem do Mérito Empresarial. Os industriais são John Melo, CEO de uma empresa da biotecnologia cotada no NASDAQ, e José Ivo, com carreira na maior empresa de construção dos EUA.

PARA LER MAIS: “Cavaco Silva distingue empresários portugueses dos EUA” (Observador).

 

PORTUCEL INVESTE NOS EUA

A Portucel anunciou um investimento de 89 milhões de euros na construção de uma fábrica de pellets na região de Greenwood, no estado norte-americano da Carolina do Sul. As obras deverão arrancar já em 2015 para terminarem no terceiro trimestre de 2016.

PARA LER MAIS: “Portucel investe 89 milhões de euros nos Estados Unidos” (Expresso).

 

APOLLO MANIFESTA INTERESSE NO NOVO BANCO

O grupo norte-americano Apollo oficializou a sua entrada na corrida pela compra do Novo Banco. Este desenvolvimento era esperado desde que se soube, no início de Dezembro de 2014, que iria arrancar o processo de venda da instituição.

PARA LER MAIS: “Apollo formaliza manifestação de interesse no Novo Banco” (Diário Económico).

 

EDP ADQUIRE GÁS NATURAL DOS EUA

A EDP vai passar a comprar gás natural liquefeito aos EUA, tendo fechado um acordo com a Cheniere. De acordo com o comunicado enviado pela eléctrica portuguesa, as duas empresas “assinaram um acordo vinculativo para o aprovisionamento de 1 bcm (um bilião de metros cúbicos)” de gás natural liquefeito (GNL) por ano.

PARA LER MAIS: “EDP vai comprar gás natural aos EUA” (Público).

 

GUINÉ-BISSAU REGRESSA AO PROGRAMA DE LIVRE COMÉRCIO DOS EUA COM ÁFRICA

O Presidente Barack Obama decidiu recolocar a Guiné-Bissau no programa de livre comércio dos EUA com África. A partir de Janeiro, a Guiné-Bissau está de volta ao programa AGOA – African Growth Opportunity Act -, que permite que produtos de alguns países africanos, que cumprem normas de boa governação, tenham acesso livre de tarifas ao mercado dos EUA.

PARA LER MAIS: “Obama repõe Guiné-Bissau no programa de livre comércio dos EUA com África” (Voz da América).