Leia a newsletter da FLAD sobre Cultura nos Estados Unidos

ceu6CARTÃO DE IDENTIFICAÇÃO MUNICIPAL DÁ ACESSO GRÁTIS À CULTURA EM NOVA IORQUE
A cidade de Nova Iorque alargou o prazo de inscrição gratuita para o programa do cartão de identificação municipal durante 2016. Entre os benefícios do cartão destacam-se as adesões anuais gratuitas a 40 instituições culturais. Contudo, a activação dessa adesão gratuita requer que se visite cada uma das 40 instituições, as quais estão localizadas no Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island.

PARA LER MAIS: “Municipal Identification Card Program Offers Free Cultural Benefits” (The New York Times).

 

QUADRO DE BOSCH DESCOBERTO EM CAVE DE MUSEU NOS EUA

Um quadro do pintor holandês do século XVI Hieronymus Bosch foi descoberto na cave de um pequeno museu nos EUA, contabilizando agora um total de 25 trabalhos autenticados do artista conhecido pelas suas representações do inferno. O quadro “Tentação de Santo António” foi comprada pelo Nelson-Atkins Museum of Art em 1935 e posteriormente guardado numa cave devido ao facto de a sua autoria ter sido atribuída a um dos estudantes de Bosch. Os peritos acreditam que a obra poderá ter originalmente pertencido a um tríptico de Bosch.

PARA LER MAIS: “Priceless painting by Bosch found in cellar of US museum” (The Irish Times).

 

NEGOCIADOR DE ARTE ACUSADO DE VENDER OBRAS DE ARTE FALSAS DE ARTISTAS NORTE-AMERICANOS

Eric Spoutz, um negociador de arte do Michigan conhecido pelas doações de quadros de grandes pintores norte-americanos a várias galerias de arte de topo, foi detido em Hollywwod devido a acusações de ter vendido obras de arte falsas. Eric Spoutz poderá enfrentar uma pena de 20 anos por ter vendido dezenas de obras falsamente atribuídas pelo próprio a artistas famosos como Willem de Kooning, Franz Kline e Joan Mitchell. Spoutz usava documentos falsos para convencer os compradores da sua autenticidade.

PARA LER MAIS: “Art Dealer Eric Spoutz Charged With Selling Dozens of Fakes of American Masters” (NBC).

 

SOLUÇÃO TEMPORÁRIA PARA DISPUTA SOBRE OBRA DE PICASSO

O negociador de arte Larry Gagosian chegou a acordo com a família real do Qatar para a transferência temporária do “Busto de Uma Mulher” de Pablo Picasso para a Gagosian Gallery até que seja resolvida a disputa legal sobre quem detém a propriedade da obra. As duas partes afirmam ser os donos legítimos do busto e que esse terá sido vendido pela filha de Pablo Picasso.

PARA LER MAIS: “Gagosian and Qatari Royal Family Reach Temporary Agreement Over $100 Million Picasso Bust” (Art Forum).

 

STARBUCKS DE NOVA IORQUE VENDE CAFÉ E ARTE

A Starbucks começou a vender obras de arte no seu novo estabelecimento em Chelsea, local de Nova Iorque que acolhe algumas das maiores galerias de arte da cidade. O café tem em exibição pinturas e desenhos do jovem artista norte-americano Robert Otto Epstein. A exposição Epstein, que deverá terminar no final de Fevereiro de 2016, é a primeira de uma série de exposições organizada em colaboração com a Uprise Art, uma galeria digital para artistas emergentes.

PARA LER MAIS: “Paintings to go: Starbucks now sells art with its lattes” (The Art Newspaper).

 

TEFAF MAASTRICHT ESTARÁ PRESENTE NOS EUA COM DUAS FEIRAS ANUAIS

A TEFAF Maastricht, uma das principais feiras de arte, antiguidades e design a nível mundial, anunciou que irá lançar duas feiras anuais em Nova Iorque. Estas duas feiras permitirão a reunião na cidade dos principais negociadores e coleccionadores de arte. A primeira feira está marcada para Outubro de 2016, focando-se na arte da antiguidade até ao século XX, enquanto que a segunda será inaugurada em Maio de 2017, com foco na arte e no design moderno e contemporâneo.

PARA LER MAIS: “TEFAF Maastricht to Launch Two New Fairs at Park Avenue Armory in New York” (Artfix Daily).

 

JÁ É CONHECIDA A LISTA DE PARTICIPANTES NA EDIÇÃO DE 2016 DA PULSE

Foi divulgada a lista de participantes e o programa para a 11ª edição da Feira de Arte Contemporânea Pulse, a qual terá lugar no Metropolitan Pavilion, em Nova Iorque, de 3 a 6 de Março de 2016. Galerias de quatro continentes irão exibir a sua arte em duas categorias: Pulse e Points. A primeira inclui galerias conhecidas e emergentes da Europa, África, América do Norte e do Sul, enquanto a segunda está reservada para espaços alternativos, organizações sem fins lucrativos e estreantes no mundo das exposições artísticas.

PARA LER MAIS: “Here’s the 2016 Pulse New York Exhibitor List” (ARTNEWS).

 

ORGANIZAÇÃO RECEBE DONATIVO DE UM MILHÃO DE DÓLARES

A Gerard B. Lambert Foundation doou um milhão de dólares à RxArt, uma organização sem fins lucrativos empenhada em transformar através da arte instituições de cuidados de saúde e aumentar o conforto de crianças hospitalizadas. A RxArt pretende completar cerca de cinco projectos todos os anos. Artistas como Jeff Koons e Rob Pruitt já colaboraram com a organização em alguns projectos.

PARA LER MAIS: “RxArt Receives Record $1 Million Donation” (Art Forum).

 

PLATAFORMA DIGITAL PARA AJUDAR A ESCOLHER SERVIÇOS RELACIONADOS COM O MUNDO DA ARTE

Duas ex-executivas da Christie’s, Jessica Paindiris e Gaia Banovich, criaram o The Clarion List, a primeira base de dados pública de empresas de arte nos EUA. O The Clarion List garante aos colecionadores de arte acesso a críticas e opiniões sobre uma variedade de serviços, tal como galerias de arte, negociadores privados ou advogados.

PARA LER MAIS: “Yelp for the Art World…What Could Go Wrong?” (Observer).

 

HAMMER MUSEUM ANUNCIOU PARTICIPANTES DO MADE IN L.A. 2016

No Verão de 2016 o Hammer Museum irá estrear a terceira instalação da série Made in L.A., a “a, the, though, only”, a qual dá destaque ao trabalho de artistas locais. Os curadores do evento anunciaram a lista de artistas participantes, sendo esse um grupo que representa um vasto leque de géneros, sexualidades e raças, incluindo artistas de todo o mundo. A instalação terá artes visuais, poesia, coreografias, música e performances.

PARA LER MAIS: “The Hammer Museum Announces Its Line-Up of Artists for Made in L.A. 2016” (Los Angeles Magazine).

 

CAPITAL DOS EUA ACOLHE EXPOSIÇÃO HISTÓRICA SOBRE O CORÃO

As Galerias Freer e Sackler do Smithsonian irão acolher a primeira grande exposição sobre a história do Corão nos EUA, juntando mais de 50 textos sagrados do Médio Oriente Árabe, Pérsia, Turquia e Norte de África. A exposição em Washington terá peças emprestadas por colecções do Museu de Artes Turcas e Islâmicas de Istanbul. Entre essas incluem-se pergaminhos do Corão datados do século VIII, exemplos da caligrafia feita com tinta de ouro, entre outros. A estreia está marcada para meados de Outubro de 2016.

PARA LER MAIS: “Historic Koran show to open in US capital in time for election” (The Art Newspaper).

 

MUSEU DE BOSTON ADQUIRE PRIMEIRO QUADRO DE FRIDA KAHLO

O Museum of Fine Arts, em Boston, adquiriu o primeiro quadro da artista mexicana Frida Kahlo alguma vez vendido. São já 13 os trabalhos de Frida Kahlo presentes em colecções públicas nos EUA. O quadro estará em exibição até 1 de Março de 2016, altura em que regressará a um laboratório de conservação para que se procure resolver alguns dos seus mistérios.

PARA LER MAIS: “Boston Museum Acquires First Painting Frida Kahlo Ever Sold” (NPR).

 

CENTRO ARTÍSTICO DE CINCINATTI COM ENTRADAS GRATUITAS

O Contemporary Arts Center de Cincinatti anunciou que a partir de 13 de Fevereiro de 2016 as entradas para as suas galerias serão gratuitas por pelo menos três anos. Esta mudança foi possível devido a um donativo de 75 mil dólares pela Johnson Foundation e outro de 150 mil dólares por um grupo de 50 jovens filantropos do Contemporary Art Club. Alguns eventos e performances especiais irão, no entanto, exigir a compra de bilhetes.

PARA LER MAIS: “Cincinnati’s Contemporary Arts Center Announces Free Admission” (Art News).

 

THE DALLAS OPERA ANUNCIA SEMIFINALISTAS DE COMPETIÇÃO DE ÓPERA

Alguns dos melhores jovens cantores de ópera dos EUA irão competir na semifinal do 28º Dallas Opera Guild Vocal Competition, a decorrer nos dias 29 e 30 de Abril de 2016. Em disputa estão prémios de milhares de dólares e reconhecimentos oficiais, incluindo o People’s Choice Award. Parte do dinheiro angariado durante a competição será canalizado para apoiar os programas educativos.

PARA LER MAIS: “The Dallas Opera Announces Semifinalists for Opera Guild Vocal Competition, 4/29” (Boston Globe).

 

MILLEPIED DEIXA BALLET DA ÓPERA DE PARIS E REGRESSA AOS EUA

O coreógrafo e dançarino Benjamin Millepied anunciou que irá abandonar o cargo de director do Ballet da Ópera de Paris, afirmando razões pessoais e o desejo de se dedicar inteiramente à criação artística. Millepied pretende regressar à Califórnia, onde viveu antes de se mudar para Paris em 2014. Millepied é cofundador do L.A. Dance Project, um colectivo artístico que produz dança moderna e contemporânea, sendo possível que voltem a colaborar.

PARA LER MAIS: “Benjamin Millepied resigns as Paris Opera Ballet dance director, will return to Southern California” (Los Angeles Times).

 

DAVID H. KOCH DEIXA ADMINISTRAÇÃO DO MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL DE NOVA IORQUE

O magnata David Koch deixou a administração do American Museum of Natural History em Nova Iorque ao fim de 23 anos. Koch serviu na administração desde 1992 e doou um total de 23 milhões de dólares ao museu. A sua demissão poderá estar associada a uma carta da comunidade científica que apelava ao fim das ligações de museus de ciência e de história natural com empresas de combustíveis fósseis e filantropos como David Koch. Anne Canty, porta-voz do museu, negou que o seu abandono esteja associado a essa crítica, afirmando que estava já estabelecido que o último dia de Koch na administração seria 9 de Dezembro de 2015.

PARA LER MAIS: “David H. Koch Leaves Natural History Museum Board” (The New York Times).

 

RUBENSTEIN DOA 10 MILHÕES DE DÓLARES A NOVO MUSEU DO SMITHSONIAN

David Rubenstein doou 10 milhões de dólares ao National Museum of African American History and Culture, uma instituição do Smithsonian que deverá abrir portas em Setembro de 2016. Este é um dos maiores donativos feitos à nova instituição, aumentando assim para 252 milhões de dólares o total angariado. O novo museu precisa de 270 milhões de dólares em apoios privados para cobrir metade dos seus custos com a construção. A restante metade será garantida pelo Congresso norte-americano.

PARA LER MAIS: “Smithsonian donor David Rubenstein gives $10 million to African American museum” (The Washington Post).