Leia o Anuário do Programa de Segurança Energético da FLAD

Sabia que na próxima década, a bacia Atlântica, do Norte ao Sul, vai tornar-se na maior fonte produtora de petróleo do mundo? Os EUA estarão na frente desta mudança (fornecendo 80% do novo crude mundial), a par do Brasil. O cartel da OPEP e a Rússia verão o seu petro-poder recuperar, mas consideravelmente diminuído face ao exercido até 2013, o ano da ascensão do shale oil americano. O mercado asiático irá consolidar-se como a fonte de maior consumo. As incertezas sobre o comportamento do preço do barril permanecerão.

Leia isto e muito mais no Anuário do Programa de Segurança Energética da FLAD, clicando aqui: Oil Security Perspectives 2018 FLAD PSE