FLAD promove formação profissional em Hotelaria e Turismo em São Tomé e Príncipe

Bruno Ventura, diretor da FLAD, no momento da sua intervenção

A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) apoia o projecto de formação profissional de quadros em Hotelaria e Turismo em São Tomé e Príncipe, que irá decorrer entre Fevereiro e Setembro de 2018. O protocolo que oficializa este projecto foi assinado, segunda-feira, dia 15 de Janeiro, entre a FLAD e dois parceiros estratégicos, Grupo Pestana e Fundação Alentejo, com o apoio do Governo de São Tomé e Príncipe.

A assinatura do protocolo teve lugar no Centro Cultural Português, na cidade de São Tomé, e contou com a presença de Luís Gaspar da Silva, Embaixador de Portugal em São Tomé e Príncipe; de Bruno Ventura, diretor da FLAD; Pedro Martins, Administrador do Grupo Pestana em São Tomé e Príncipe; e Renata Marques, da Fundação Alentejo. Esteve presente na cerimónia Emílio Lima, Ministro do Emprego e Assuntos Sociais.

Este plano de capacitação enquadra-se no programa FLAD África e inclui dois cursos – um para Técnicos de Restaurante/Bar e outro para Recepcionistas – num total de 1.080 horas de aulas teóricas e práticas. O objectivo é responder a uma necessidade concreta de São Tomé e Príncipe na área de maior investimento privado daquele país: o Turismo.

Para Vasco Rato, Presidente da FLAD, esta iniciativa «visa consolidar a presença da FLAD junto dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e contribuir para o seu desenvolvimento económico e humano». E acrescenta: «É uma honra para a FLAD poder contar com o envolvimento do Governo são-tomense, em cooperação com instituições públicas e privadas portuguesas, na expectativa de estar à altura dos desafios que o país actualmente enfrenta».

«Apostando na formação dos seus quadros, de forma a prestar serviços de excelência, o Pestana Hotel Group, que celebra 15 anos de presença em São Tomé e Príncipe, realiza, anualmente, vários milhares de horas de formação, sendo que ao abrigo do presente projeto, em parceria com a Fundação Alentejo, a FLAD e os Ministérios do Emprego e da Educação, irá receber nos seus hotéis daquele País, durante sete meses, dois cursos de hotelaria, nomeadamente de Recepção e Restaurante/Bar, procurando não só reforçar a formação dos seus quadros, mas também alargar o âmbito da prestação desta formação a outros cidadãos santomenses», afirma Pedro Martins, do Grupo Pestana.

Por sua vez, Fernanda Ramos, Presidente da Fundação Alentejo, diz que «a educação e a formação são os pilares mais estruturantes» do desenvolvimento de qualquer país. Por essa razão, «é com a maior expectativa que a Fundação Alentejo se alia ao Grupo Pestana e à FLAD, em articulação directa com os Ministérios da Educação e do Emprego de São Tomé e Príncipe, para implementar no terreno um projecto que investe justamente nestes pilares, colocando-os ao serviço do sector de maior potencial de crescimento sustentável das ilhas: o Turismo».

Este projecto de capacitação profissional conta com o apoio dos Ministérios da Educação, Ciência, Cultura e Comunicação, e do Emprego e Assuntos Sociais de São Tomé e Príncipe. A formação envolverá a participação de 40 alunos são-tomenses, entre os 18 e os 35 anos, e com a frequência do 2.º ciclo do ensino secundário. Terá a duração de sete meses – entre Fevereiro e Setembro de 2018.