FLAD promove conferência sobre Fintech e empreendedorismo feminino

O administrador executivo da FLAD, diz que “as tecnologias aplicadas ao setor financeiro (FinTech) apresentam um enorme potencial de disrupção”

A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) organiza na terça-feira, na sua sede em Lisboa, uma conferência  sobre Fintech e empreendedorismo feminino que vai debater as novas tecnologias dedicadas às finanças e o papel das mulheres e da diversidade nas tecnologias.

Participam na conferência dois especialistas internacionais de uma das maiores incubadoras de Silicon Valley, a 500 Startups: de Monique Woodard, sócia da incubadora e gestora de um fundo de investimento, e Sheel Mohnot, empresário e gestor de uma incubadora.

“As tecnologias aplicadas ao setor financeiro (FinTech) apresentam um enorme potencial de disrupção, o qual se pode revelar nos serviços bancários, através dos pagamentos, transferências móveis e empréstimos e nos mercados financeiros, quer na configuração e na gestão de carteiras de investimento, quer nas transações e outras operações de ‘trading'”, disse à Lusa o administrador executivo da FLAD, Jorge Gabriel.

O responsável lembrou um estudo recente, publicado pela consultora Accenture, que revela que o investimento nesta área aumentou de 930 milhões de dólares em 2008 para mais de 12.000 milhões em 2015 e prevê que este crescimento continue.

A conferência, que é organizada em parceria com a West to West, uma organização que ajuda empreendedores portugueses em São Francisco, será composta por dois painéis: um primeiro dedicado à tecnologia na área das finanças e um segundo subordinado ao tema do papel das mulheres e da diversidade nas tecnologias.

O primeiro painel será moderado por Afonso Eça, da Nova SBE, e, além de Sheel Mohnot, participam Nuno Sebastião, fundador da Feedzai, Maria Antónia Saldanha, diretora de marca e comunicações da SIBS, Paula Antunes da Costa, gestora da Visa em Portugal, e João Menano, diretor executivo da James.

O segundo painel será moderado por Rita Waite, da West to West, e participam Monique Woodard, Cristina Fonseca, cofundadora da Talkdesk, Henry Wigan, cofundador do Mustard Seed, e Marta Palmeiro, do Pier Partners.

Texto editado a partir de notícia no DN.

Veja o programa e outros documentos aqui: 

Programa Fintech_Women and Diversity in Tech – 4 July

Programa Fintech_Women and Diversity in Tech – 4 July Fintech and Diversity